sábado, 4 de abril de 2009

A poesia passou por aqui


A minha terra tem o mar à volta
a minha terra tem o mar ao fundo.
A minha terra veste-se de mar,
o mar na minha terra é o seu mundo.

Na minha terra vive-se no mar,
que o mar,na minha terra, é ao fim da rua.
Na minha terra morre-se no mar
porque é no mar que a vida continua.


Mariano Calado, em Raízes de Maresia
Foto das ilhas açorianas de S.Jorge e Pico, tirada da ilha Graciosa

4 comentários:

notyet disse...

Passou por ali e por ali pairou...
Beijinho

Pico minha ilha disse...

O meu Pico ali ao fundo.A ilha só por si é uma eterna poesia.Beijinhos Alcinda

Andradarte disse...

Mas não podemos ser ilha!, não é verdade Alcinda?.....Por isso existem os amigos.
Simples...diz tanto.
Beijo

Jorge P.G disse...

Duas quadras que muito bem traduzem todo o sentir das gentes açorianas.

Um abraço.