domingo, 20 de dezembro de 2009

Presépio atribuido a Machado de Castro




Este presépio em terracota policromada é uma obra de referência nacional do século XVIII (cerca de 1782/83). Tem um total aproximado de 500 figuras e encontra-se montado numa estrutura de madeira e cortiça. Tal como nos outros presépios barrocos tem representados seis monumentos:a Natividade como cena central,a Adoração dos Reis Magos; a adoração dos pastores e populares,o Cortejo Régio, a anunciação aos pastores e a Matança dos Inocentes.
O espaço restante é preenchido por figuras do povo em cenas da vida quotidiana. Cinco nuvens estão suspensas com anjos e querubins.


A matança do porco, uma das muitas cenas da vida quotidiana representadas neste presépio de Machado de Castro da Basílica da Estrela.